Começa a substituição de rede de água na Rua João Planincheck

O Samae de Jaraguá do Sul está iniciando mais uma importante etapa de obras para melhorar o sistema de abastecimento de água. Desde o começo da manhã desta quarta-feira (2), nossas equipes trabalham na implantação de uma nova adutora de água tratada na Rua João Planincheck, Bairro Nova Brasília, num trecho de aproximadamente 560 metros.

O trabalho compreende o trecho entre as ruas Venâncio da Silva Porto e Expedicionário Antônio Carlos Ferreira. Durante as escavações, o trânsito fluirá com uma das pistas parcialmente interditada. A obra se estenderá pelos próximos dias, no horário das 8h às 17h.  

O presidente da autarquia da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Ademir Izidoro, explica que esta obra faz parte da ação do Samae que visa substituir redes implantadas há 50 anos, feitas de amianto e que estão ultrapassadas e com problemas constantes de vazamentos, por redes de PVC. “A Rua João Planincheck é uma prova clara da necessidade urgente de substituição destas redes antigas, devido ao grande números de vazamentos já consertados neste trecho”, enfatiza, explicando que o investimento neste projeto de troca de redes de amianto gira em torno de R$ 3,2 milhões e que serão substituídos 8.440 metros de redes em 14 ruas da cidade.

As redes de cimento amianto foram usadas em larga escala nos sistemas de abastecimento de água, mas encontram-se obsoletas e frágeis. “A manutenção destas redes está cada vez mais complicada. Elas possuem tecnologia obsoleta, baixa confiabilidade técnica, elevados custos e dificuldades de manutenção devido aos rompimentos, principalmente”, disse ainda. Atualmente, segundo Izidoro, existem mais de 17 quilômetros de redes de amianto em Jaraguá do Sul e que precisarão ser substituídas. 

A proposta de substituição das redes de cimento amianto ou fibrocimento, faz parte do Programa de Controle e Redução de Perdas, que integra o Plano de Ampliação de Saneamento (PAS) e visa reduzir as perdas de água tratada, cujo índice atual é de 34%. “Tal redução no índice de perdas é de extrema importância, pois está diretamente relacionada com a redução dos custos de produção e contribuirá para a eficiência técnica e financeira do Samae, que assim, terá melhores condições de investir de forma mais sustentável”, destaca Ademir Izidoro.

As ações propostas foram priorizadas de acordo com o Plano Municipal de Saneamento Básico e darão condições de atuar com intervenções de maior impacto na redução do índice de perdas de água.



2ª Via da sua fatura