Recomeçam as obras do Plano de Ampliação de Saneamento

O Samae de Jaraguá do Sul está retomando as obras do Plano de Ampliação de Saneamento (PAS), com o retorno das férias das empresas contratadas para execução dos projetos. Das 39 ações do PAS previstas para o biênio 2019/2020, pelo menos 27 já foram concluídas ou estão sendo executadas. Conforme o presidente do Samae, Ademir Izidoro, a previsão é concluir a maioria as obras em andamento ainda no primeiro trimestre. Ele cita os casos das estações de recalque de água tratada (ERAT), cujas obras estão sendo retomadas no entorno dos oito tanques de 100 mil litros cada instalados nos bairros Ilha da Figueira, Barra do Rio Molha, São Luís e Chico de Paulo. Elas contemplam os abrigos para as bombas e motores elétricos, rede elétrica e as interligações com as redes de água existentes. No caso da ERAT construída na Ilha da Figueira para o abastecimento do Boa Vista, a empresa responsável fará a instalação da rede de água desde a Rua Rinaldo Bogo até a esquina da Rua Domingos Rosa.

Já no Rio Molha, está em fase de acabamento a ERAT localizada no Parque Municipal de Eventos, bem como o paisagismo do reservatório intermediário. Toda a rede nova para este sistema já foi instalada em 2019. Para o presidente do Samae, as ERATs do Rio Molha e do Boa Vista são as principais ações da autarquia para este trimestre, sendo que resolverá um problema muito antigo daquelas regiões, que é a falta de água por causa das chuvas fortes ou das estiagens prolongadas. “Vamos desativar os sistemas independentes e abastecer estas regiões com água das estações de tratamento Central e do Garibaldi”, diz Izidoro, enfatizando que a conclusão das duas obras deverá acontecer ainda em janeiro.

Outra importante ação que está tendo continuidade é o novo sistema do reservatório R3, localizado na Rua Heinz Barg, na Vila Baependi. “Neste caso, teremos a travessia da nova rede de água sob a Ponte Abdon Batista, no Centro, bem como a continuidade desta mesma rede na Rua Adélia Fischer até a esquina com a Rua Heinz Barg, que dá acesso ao reservatório R3, nos fundos da KG Motos. Lá, já fizemos a demolição de um reservatório de um milhão de litros e iniciamos a construção de um novo com capacidade para quatro milhões de litros de água potável, que dará mais confiabilidade ao sistema de distribuição para os moradores dos bairros Czerniewicz, Vila Baependi, Vila Lalau, Centenário e parte do Amizade”, diz ele. “Para facilitar o acesso das nossas equipes ao R3, fizemos a pavimentação em concreto da Rua Heinz Barg”, acrescenta.

O novo R3 será construído em aço vitrificado, mesmo material dos novos reservatórios do Morro do Picolli (Rau) e intermediário do Rio Molha. O investimento no sistema do R3 contempla, além do novo reservatório, a alteração do regime de distribuição de água e a substituição de redes antigas, como é o caso da Rua Presidente Epitácio Pessoa, cujas obras aconteceram entre novembro e dezembro de 2019. Para concluir este sistema, será executado um trecho da rede na Rua Presidente Epitácio Pessoa até a esquina com a Rua Erwino Menegotti. “Esta rede será de ferro fundido para suportar o tráfego pesado da Epitácio Pessoa”, explica o presidente.

Por meio do PAS, recursos próprios e do BNDES, o Samae está investindo mais de R$ 23 milhões em obras do sistema de abastecimento de água de Jaraguá do Sul, com projetos para aumentar a capacidade de reservação e controle de perdas.

Em se tratando de esgoto sanitário, está sendo retomada a implantação da rede coletora nos bairros Jaraguá 99 e Jaraguá 84, com investimento de R$ 9,8 milhões. Em 2019, os trabalhos ficaram concentrados na Rua Bertha Weege, já que a Prefeitura está recuperando esta via. No total, 34 ruas receberão redes coletoras e mais de dez mil habitantes serão beneficiados, elevando para 90% o índice de tratamento de esgoto em Jaraguá do Sul. Dos 21 quilômetros de redes a serem instaladas naquela região, 13 quilômetros já foram feitos, ou seja, 62% do previsto no contrato. Na mesma região do município, o Samae continua investindo no Programa de Saneamento Rural, com a instalação das fossas, filtros e caixas de gordura em propriedades localizadas acima da ETA Sul, no Garibaldi.



2ª Via da sua fatura