Samae particpa de Seminário Internacional de Resíduos Sólidos

O Samae de Jaraguá do Sul, representado pelo diretor presidente Ademir Izidoro, participou na terça-feira (20/02), na sede da Associação Empresarial de Joinville, do Seminário Internacional de Gestão de Resíduos Sólidos organizado pela Facisc e os Centros de Profissionalização das Associações Empresariais da Baviera (bfz gGmbH), na Alemanha. Os participantes foram recepcionados pelo presidente da Facisc, Jonny Zulauf, pelo presidente da ACIJ, Moacir G. Thomazi e pelo prefeito do município, Udo Döhler, que destacou a importância do tema para a cidade e para o Estado. O evento também contou com a presença do Vice-Presidente para o Meio Ambiente, José Mario Gomes Ribeiro e do 1º diretor financeiro, Evandro Muller de Castro. Jonny Zulauf destacou a relevância do evento como uma forma de despertar a consciência social sobre o tema. “Como cidade industrializada, Joinville deve ter estas preocupações potencializadas para buscar soluções”, declarou o presidente. No encontro, os quatro especialistas alemães dos setores público e privado da Baviera no campo da Gestão de Resíduos, apresentaram as soluções alemãs desenvolvidas para a gestão dos resíduos sólidos. Na Alemanha cerca de 500 mil vagas de trabalho são geradas na área de gestão de resíduos e a Política de Resíduos promove a corresponsabilidade dos produtores de embalagem e a sensibilização dos cidadãos para minimizar os resíduos. Os participantes conheceram algumas iniciativas do estado da Baviera, onde a taxa de reciclagem é de 82%, para minimização de resíduos, como por exemplo, a assessoria para educação ambiental, o portal de troca e doações, recipientes com chip para controle de uso e cobrança diferenciada para lixo separado e lixo misto. Os alemães também expuseram a Política de Resíduos do país e como é o processo de separação do lixo, que é todo automatizado e ao final são produzidos materiais plásticos utilizados em diversas aplicações na agricultura, construção rodoviária, hipismo e na proteção de encostas. Outro ponto destacado pelo palestrante foi o custo por residência da coleta do lixo no Consórcio de Hof. Uma família paga anualmente pelo serviço cerca de mil reais por ano. Já em Jaraguá do Sul, uma família paga pela coleta do lixo três vezes por semana R$ 214,44 O evento ainda contou com a presença de representante da Associação Brasileira de Empresas Tratamento de Resíduos (Abetre), que apresentou o cenário e as ações que vem sendo para reverter o quadro da gestão de resíduos no país. A ação tem o apoio da União Europeia por meio do programa de cooperação Al Invest 5.0, gerenciado pela Câmara de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo (CAINCO), Santa Cruz, Bolívia, cujo objetivo é promover o desenvolvimento das micro, pequenas e médias empresas em toda a América Latina. (Com informações da ASCOM Facisc)



2ª Via da sua fatura